quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Independência...

Desde 2005, quando passei no curso técnico público de Design de Interiores, eu falava pra todo mundo:
-Vou me formar em arquitetura, e quero fazer meu mestrado de história da arte na Europa! Não sei em que país (sonhava com Romênia, República Tcheca, Eslovênia...), mas vou fazer!!!!
Ninguém botava muita fé até então... Cheguei a ser ridicularizada por um ex namorado meu, que dizia:
-Você não tem dinheiro nem para pagar a sua faculdade direito!! Vai viajar com o que????
Até que um dia...

---

Chequei a lista de documentos. Tudo certo. Papelada infinita, comprovantes financeiros, comprovante de moradia, diploma, traduções e mais traduções. Minhas mãos tremiam enquanto caminhava pela Av. Faria Lima até o consulado.

- Fica calma! Você tem todos os documentos! - disse minha mãe. A coitadinha teve que acordar as 5 da manhã para me acompanhar (Obrigada mãe, te amo!)

Entramos no consulado, uma sala de espera com alguns guichês, gente loira por todo lado, falando em alemão, em inglês, em francês, uma torre de babel! Aguardei chamarem meu nome, apresentei todos os documentos para o pedido do "Arbeitssuch Visum", um visto que me dá 6 meses para procurar trabalho como arquiteta em alguma empresa da Alemanha. Documentos ok, a moça super simpática, até o momento em que ela e o consul me chamam. Vou até eles, e eles começam a me explicar:

-Jade, você tem um diploma de bacharel em arquitetura e urbanismo, e é a primeira brasileira a pedir esse visto pra gente. De acordo com a legislação, na Alemanha, é considerado grau superior de formação, de um mestrado pra cima... Como você é BACHAREL, talvez eles recusem seu visto. Voce quer arriscar mesmo assim???

Meu coração disparou! Depois de cinco anos pagando faculdade, passando nervoso a cada rematrícula, deixando de sair com meus amigos, deixando de pagar outros cursos pra mim, só para conseguir me formar em arquitetura, meu diploma poderia não ser aceito???? Sabe aquela sensação de inutilidade e impotência? Foi exatamente isso que eu senti.

Daí como eu sou extremamente forte e durona, abri o berreiro e comecei a chorar dentro do consulado.
Liguei para o meu namorado em pânico, e quando ele atendeu, eu mal conseguia falar em inglês, de tanto soluçar:

- E-E-E-ELES N-NÃO QUEREMMM ME AC-AC-ACEITARRRRR!!! BUAAAAAHHHH!!!!
- Fique firme! Faça o pedido do visto! Não são eles que vão te aprovar! É o departamento daqui da Alemanha! Você tem um diploma e eu tenho certeza que ele é válido! Eu ligo lá e vejo as verdadeiras informações pra você!!
-O-O-O-OKAY!!!

Assinei a papelada e insisti no visto. O consul, sorrindo insistiu mais umas três vezes:
- Pedir visto é tão complicado! Por que você não casa logo? Casamento é a melhor opção!

Já estava emburrada, olhei pra ele e respondi:
-Não quero depender de ninguém para resolver minhas coisas, quero fazer na raça!

E não deu outra! Roman entrou em contato com o departamento de estrangeiros que está cuidando do meu visto e eles falaram que bacharelado é sim um grau superior na Alemanha, e de arquitetura ainda?? Muito bem vindo!!! Ela disse que entraria em contato com ele quando recebesse meu pedido, e que já falaria pra ele o resultado.

Ontem de manhã o Roman me liga e fala:

- Baby, tá sentada?
- Não.
- Então senta!
- Tá, o que foi????
- A moça do departamento de estrangeiros ligou. Seu visto foi aprovado, e já vai ser encaminhado pro consulado no Brasil!!!
- O QUE?? HAN?? COMO??? BUAAAAAAHHHHH!!!!

Sonhei com isso a minha vida toda, e consegui!! Não que eu não ache certo se casar para tornar as coisas mais fáceis... Acontece que me mudar pra Europa já fazia parte dos meus planos antes mesmo de conhecer meu namorado. E se eu não o conhecesse, ainda estaria tentando me mudar, sozinha, perdida num novo país, mas com toda a coragem do mundo, de alguém que está finalmente realizando seu sonho. Independência. Desse modo eu posso falar com a boca cheia: EU CONSEGUI!!!

E se for pra gente se casar, que seja por livre e espontânea vontade, sem pressão, sem obrigação...

Enfim, agora estou no aguardo do email do consulado... Mas certeza que aqueles alemães preguiçosos só vão entrar em contato comigo depois do carnaval... AI QUE NERVOSOOOO!!!!
Assim que o visto estiver na minha mão (espero que logo), vou fazer um post explicando todos os passos e como tudo funciona!

Mas por enquanto é isso =)

Bis bald!!


Ps1: Obrigada a minha mãe de novo, que me apóia, me ajuda, mesmo de coração partido com a minha mudança... Te amo, mãe!! Muito!!

Ps2: Obrigada ao meu lemão lindo, que me acalmou demais entrando em contato com o departamento de estrangeiros, e me ajudou a conseguir toda a papelada e a carta de motivação em alemão, Ich liebe dich, mein liebster!!!


14 comentários:

  1. Ahhh que alegria!!! Que bom que o visto foi aprovado! Tá vendo que persistir num sonho dá certo? hehe Não ligue pra gente que fala que você não consegue, eles têm é muita vontade de fazer coisas desse tipo, mas não têm coragem que nem você :) Tô muito feliz por você! Parabéns pela conquista e que você seja muito feliz com seu "Lemão" na "Lemanha" hahaha

    beijos :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Brigada Marcela!!!!Desejo a mesma coisa pra vc e seu Noruegues!! hehehe

      Excluir
  2. Que legal Jade!!!! Parabéns!!!! Isso é muito legal e encorajador para muitas pessoas com certeza!!!
    Só uma pergunta, você fez arquitetura em qual faculdade???
    Beijinho!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie!! Brigada!!! =))) Eu fiz Anhembi Morumbi!!

      Excluir
  3. Mazááá! Parabéns pela conquista!!! Muito bom conseguir algo assim, na raça!

    E é uma noticia boa pra mim tambem, saber que nosso diploma de arquiteta será válido na Alemanha, muito bom!

    Parabéns e muito sucesso nessa nova fase!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exaaatamente!!! E na região ali de Köln e Bonn tem bastante emprego pra arquiteto, viu!! Fique de olho!! hehehe

      Brigadão!

      Excluir
  4. OBA!!! Parabéns!!! Felicidades mil pra você!! beijokas

    ResponderExcluir
  5. Nossa Jade que orgulho você, muito mesmo!

    ResponderExcluir
  6. Puxa, estou tao feliz por voce. Seja bem vinda na terra da cerveja. Espero que tudo de certo na viagem e que a vida com seu alemao seja maravilhosa. E se precisar de alguma coisa, me escreve e vou fazer o possível...ok...............tschüssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  7. "Nunca deixe que lhe digam:
    Que não vale a pena
    Acreditar no sonho que se tem
    Ou que seus planos
    Nunca vão dar certo
    Ou que você nunca
    Vai ser alguém

    Tem gente que machuca os outros
    Tem gente que não sabe amar
    Mas eu sei que um dia
    A gente aprende
    Se você quiser alguém
    Em quem confiar
    Confie em si mesmo!

    Quem acredita
    Sempre alcança..."

    Sua história me emocionou assim que eu te conheci, e você
    me contava tudo com aqueeele brilho nos olhos.
    Tenho orgulho de ter me tornado sua amiga. :')

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até chorei depois de ler isso D=
      Brigada Amandoca!! Eu te adoro, vei!!! <3

      Excluir
  8. Oi Jade, tudo bem?? Levei um susto quando comecei a ler o seu post. É exatamente como me sinto, tudo tão sofrido pra concluir uma faculdade no Brasil e eles não reconhecerem? Eu também quero muito ir pra Alemanha assim que concluir minha faculdade de Arquitetura. Queria ver com você se depois de finalmente embarcar nessa viagem valeu a pena, se eles aceitam brasileiros no mercado de trabalho e como está sendo essa experiencia? Adorei seu blog =) Bjão, Bruna

    ResponderExcluir

Falaew!